7 dicas para viajar com bebês

Travel-baby1

Olha que legal, encontramos um artigo super-bacana no site Disney Babble, escrito pela Nívea Salgado, dando dicas sobre como viajar com bebês. Quando lemos, lembramos logo de vocês!!! Sim, porque temos recebido muitas mensagens de casais que estão indo montar o enxoval do segundo (ou terceiro, ou quarto…) bebê nos EUA, e estão levando um príncipe ou uma princesa a tira-colo.

Então, confiram aqui essas 7 dicas muuuuito legais pra vocês aproveitarem melhor a viagem e o baby também!

  1. Travel-babyMapeie o trajeto: certa vez, em pleno trânsito de feriado prolongado, minha filha (a filha da Nívea Salgado) começou a chorar alucinadamente no carro. Por experiências anteriores, eu tinha certeza de que nada a faria parar – apenas o peito (tentei a mamadeira, trocar a fralda, um carinho… E o choro continuava!). Eu não sabia se parava em um restaurante (possivelmente lotado, pelo número de carros da estrada) ou se havia algum ponto de apoio oficial da própria rodovia. Acabei parando no primeiro local que encontrei – mas teria sido muito melhor conhecer as opções do caminho!
  2. Leve uma roupa extra também para você: quase todas as mães levam uma troca de roupa para o bebê, caso ele regurgite, ou tenha algum vazamento na fralda. Mas, tão importante quanto levar peças a mais para o pequeno, é levar para si! Porque se o pequeno se sujar, é relativamente grande a probabilidade de você se sujar também!
  3. Não esqueça a escova de mamadeira: por mais que muitos hotéis ofereçam uma copa do bebê, nem sempre ela lhe parecerá convidativa. Ter seu próprio kit de escova (e, para os maiores, a escovinha que limpa canudos) é sempre um cuidado válido.
  4. Leve uma colher (de sopa): a copa do bebê pode ser longe do seu quarto e no fim do dia dá aquela preguiça… Ou ainda, no meio da madrugada, como preparar a mamadeira sem sair do quarto? Em geral você tem água disponível e o leite em pó que levou de casa. Por isso, para ajudar no preparo, só faltaria a colher!
  5. Durante o desfralde, prefira o campo ou uma pousada pé na areia: como muitos bebês são desfraldados durante o verão, é comum que a fase coincida com alguma viagem da família. Por isso, ter acesso fácil a um banheiro é condição importantíssima na hora de escolher o destino!
  6. Leve um carrinho – sempre! À primeira vista, você pode achar que não vale a pena levar o carrinho – ou porque vai ficar hospedada na casa de amigos (onde há um berço), ou porque parece difícil carregá-lo no avião (na verdade, ele só ajuda em aeroportos, pois você não precisará carregar o bebê no colo; ele vai até a porta do avião e é a equipe de bordo quem cuida de acondicioná-lo). Se estiver pensando isso, reconsidere: ter um modo de carregar o bebê (ou de fazê-lo dormir em passeios externos) é essencial para a tranquilidade da viagem.
  7. Ajuda é sempre bem-vinda: você está muito cansada e sua mãe ou sua sogra se ofereceram para ir junto? Converse com seu marido e analisem racionalmente a ideia. Se a ideia for uma viagem a três (só você, o marido e o bebê), explique que precisará de alguém para repartir o trabalho. Ou vocês podem chegar à conclusão que levar os avós é uma boa pedida – haverá alguém para ficar com o filhote enquanto você curte momentos românticos (que, cá entre nós, são bem raros depois que o bebê nasce!).

Gostaram das dicas?? A Nívea Salgado é também autora de um blog chamado Mil Dicas de Mãe. Clique aqui pra acessar e conferir as novidades. Recomendamos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *